Operações Fiscais - Impostos de produtos

As Operações Fiscais são utilizadas no SIGE Cloud para que o cliente possa adicionar e parametrizar os impostos de venda de produtos e mercadorias. Este cadastro deve ser acessado pelo caminho

Menu Fiscal – Submenu Operações Fiscais

Ao acessar esta tela você poderá observar que o SIGE já apresenta algumas operações pré cadastradas. Porém estes cadastros devem ser editados e completados com as reais informações de sua empresa. Lembrando que todos os dados referem-se sempre as suas notas fiscais de venda.

Ao canto da tela você terá a opção Editar e Novo. Selecione qual delas você gostaria de utilizar. Em ambos os casos abrirão os seguintes campos para cadastro:

 

Operação: escolha qual a operação que se enquadra a sua operação e as informações de impostos que você irá preencher. Sugerimos utilizar a opção Vendas de Mercadorias e Serviços como padrão inicial do sistema.
Grupo tributário: selecione um dos grupos tributários que você criou no submenu Grupos Tributários.
Destino País: este campo virá preenchido automaticamente com o país Brasil, pois o SIGE não emite notas de vendas para fora do país.
Destino Estado: informe para qual estado está sendo realizada a operação, ou seja, para qual estado de destino você esta cadastrando os impostos. Aconselhamos que você crie ao menos uma operação para cada estado.

Lembrete: você poderá precisar do auxílio de seu contador para preencher as próximas informações.

Depois dos dados iniciais, a primeira aba de impostos para preenchimento é a Aba PIS, CONFINS e CSLL.


Definições PIS
Situação do PIS: escolha qual será a situação tributária de PIS quando sua empresa realizar vendas para o estado de destino selecionado acima.
Caso você selecione uma situação que tenha este imposto, abrirá um campo ao lado para que você informe a alíquota para o PIS.

Definições COFINS
Situação do COFINS: escolha qual será a situação tributária de COFINS nas suas notas de venda.
Caso você selecione uma situação que tenha este imposto, abrirá um campo ao lado para que você informe a alíquota para o COFINS neste estado.

 

A segunda aba de impostos que você deverá preencher é a aba ICMS, conforme os campos abaixo:

Situação Tributária: escolha qual a Situação Tributária de ICMS para o estado de destino.
Conforme a situação selecionada, abrirão outros campos que são necessários para complementar aquela situação. É importante que você preencha todos os campos corretamente para que a nota seja gerada corretamente. Caso tenha alguma dúvida no preenchimento das informações, consulte seu contador.
Estes campos referem-se à alíquota utilizada no cálculo do imposto, ao MVA, bem como as informações sobre a Substituição Tributária.

 

A terceira aba para preenchimento refere-se a CFOP.

Nesta aba você deve adicionar todas as CFOPs utilizadas nas notas fiscais emitidas para o estado selecionado anteriormente.
Você pode buscar a CFOP pelo seu código ou nome no campo CFOP e depois de selecioná-la clique em Adicionar CFOP.
Lembre-se que há diferenciação do código de CFOP para entradas e saídas, dentro do Estado ou fora do Estado de origem da operação.

 

A última aba para preenchimento é a aba Zona Franca / REIDI.

Esta aba será preenchida após se houver necessidade, se os impostos devem sofrer descontos em função de zona franca, REIDI ou área de livre comércio.
Quem poderá lhe passar maiores informações sobre esta situação é o contador de sua empresa.

 

Após cadastrar todos os campos, clique no ícone superior Salvar.

Comentários

Powered by Zendesk